PÓS-VENDA VENDE! - Prof. Rotter
0
PÓS-VENDA VENDE!

PÓS-VENDA VENDE!


        Cada dia mais lojas e prestadores de serviço de todos os tamanhos passam a utilizar o pós-venda como ferramenta poderosa para além de melhorar o relacionamento com os seus clientes, também AUMENTAR AS VENDAS. Uma nota fiscal para o cliente na prática do marketing de relacionamento não está fechando uma venda, mas efetivamente iniciando a próxima.
       Engana-se quem pensa que este processo se aplica apenas ao varejo. Médicos, Hospitais, Dentistas, Construtoras, Arquitetos, Engenheiros, Clínicas, Pipoqueiros, “maridos de aluguel”, enfim,  toda e qualquer atividade que atenda alguma necessidade do consumidor pode ter pós – venda.
       A RotterConsulting já teve a satisfação de implementar pós-venda em um grande hospital e com sucesso absoluto. Imagine-se descansando em  casa após uma cirurgia  complicada e receber uma ligação do médico que o operou perguntando como você está passando. Qual a chance de você voltar a este hospital para um tratamento futuro? Imagine agora você após trinta dias da compra de bilhetes de transporte coletivo receber uma ligação da empresa de transporte perguntando sobre seu nível de satisfação, queixas e sugestões. A casa de carnes do seu bairro ligar para você na 2ª feira perguntando como foi o churrasco de domingo e se a carne que ele vendeu agradou. Esta ligação seria um estímulo para você voltar a comprar naquela casa de carnes?  Certo que sim.
       Como fazer um pós-venda básico e simples?  Fácil demais: um script (lista de perguntas-guia para padronizar), um cadastro (escolha o número de clientes de acordo com o tamanho da amostra desejada), exemplo: ligar para 10% dos clientes que compraram a cada dia, ou ligar para cinco clientes por dia. E mais importante, registrar os dados para gerar histórico. Este histórico será importantíssimo para sua empresa registrar as queixas, estabelecer as correções e comemorar a evolução da satisfação dos seus clientes.

Um ótimo fim de semana para você!

Norberto Rotter

0

Comentários