dezembro 2012 - Norberto Rotter
0
View Post
O ESPÍRITO NATALINO EM VENDAS

O ESPÍRITO NATALINO EM VENDAS

Como recebemos nossos parentes e amigos durante o ano e, como recebemos estas mesmas pessoas durante as festas Natalinas? De uma forma bem diferente, não? Perguntei a uma aluna e destacada vendedora de uma grande loja: – “ Como você atende os clientes durante as vendas de Natal? Ela encheu o peito , respirou fundo, deu um sorriso orgulhoso e respondeu : “ Com espírito Natalino!!!”. A turma aplaudiu entusiasticamente.

É esta reflexão que provoco neste 21 de dezembro em todos os profissionais de vendas, lojistas e vendedores. Nestes dias as pessoas sairão às compras emocionadas, com os coraçõezinhos transbordando de sensibilidade, de expectativas, de saudade, de renovação e emoções únicas. Sentimentos que brotam no seio familiar uma vez por ano.

Neste período as lojas deverão incentivar os colaboradores a agregar às “ técnicas de vendas” a emoção, o sentimento, o ESPÍRITO NATALINO! Será preciso mais afeto, mais paciência, tolerância, sensibilidade para com o próximo, demonstrações agudas de carinho, dedicação e atenção à família inteira, com cuidado afetivo redobrado aos idosos e crianças. Também mais organização, limpeza, rapidez, disponibilidade, iluminação, arrumação, enfim, otimização total de todos os recursos e atores participantes do cenário de vendas.

Embora o Natal tenha se tornado ao longo dos tempos um evento mais mercadológico que religioso, que nossas lojas em suas ações natalinas não esqueçam seu real sentido espiritual e humano.

Que o “Espírito de Natal” pulse nos corações dos que compram, mas também nos daqueles que vendem.

Um maravilhoso e afetuoso Natal para todos!



Norberto Rotter

0
View Post
SUCESSO NA CARREIRA

SUCESSO NA CARREIRA

Começa com a escolha certa.


Vários fatores devem compor a escolha profissional a ser seguida. Questões pessoais são muitas vezes esquecidas e devem nortear inicialmente o que você precisa saber para escolher o seu futuro profissional. Comece elaborando uma lista de “recompensas” que espera da sua vida profissional, exemplo: estabilidade, lidar com pessoas, viajar, independência, segurança, ser subordinado a alguém ou não, trabalhar de empregado ou ser dono do seu próprio negócio, trabalhar sozinho ou em equipe, etc.. Após isto, atribua notas de 0 a 10 para cada uma delas, estabelecendo posteriormente um pequeno ranking para destacar as dez primeiras colocadas. Após ter realizado esta tarefa certamente você já terá em mãos dados importantíssimos para o mapeamento inicial do “norte” a ser seguido.

Segundo passo será elencar para cada um dos dez itens, as opções, exigências ou condições para alcançá-las, exemplo: se você colocou entre os dez itens “ser independente, sem ter chefes”, deverá desenvolver ao lado deste item, como condições iniciais para chegar lá, ser autônomo, dono do seu próprio negócio, ou listar profissões independentes do tipo contador, dentista, advogado etc..

Terá então enriquecido um lista de possibilidades para a análise das suas aspirações e aptidões, estará entusiasmado com algumas e repensando outras. Perceberá que muitos arranjos não descobertos antes, poderão ser visualizados, exemplo: você gostaria de ser cantor e também trabalhar em alto mar, através desta investigação inicial poderá descobrir a possibilidade de compor um grupo musical e atuar em cruzeiros marítimos.

Lembre-se, as melhores descobertas foram fruto de investigação longa, paciente e minuciosa, portanto investigue suas aspirações.


Norberto Rotter