junho 2012 - Norberto Rotter
0
View Post
As empresas “tem coração” da melhor qualidade!

As empresas “tem coração” da melhor qualidade!


Acabou o tempo em que se acreditava que o “funcionário devia deixar seus problemas em casa”! Naquele tempo ele tinha problemas em casa e quando surgiam os problemas na empresa, ele voltava para casa, com mais problemas além dos que já tinha quando saiu para o trabalho. Esta louca somatória diária o tornava incapaz de produzir com qualidade, pois problemas eram segredos com os quais só ele podia conviver! Este tempo acabou. O administrador moderno sabe que os problemas dos seus colaboradores vão para todos os lugares onde eles vão.

Fela Moscovici em “Renascença Organizacional” (José Olympio – Editora) discorre sobre a luz e a sombra das organizações e fiquei fascinado. Ela afirmava que a empresa possui estes dois campos a cada segundo, minuto, horas, dias, meses e, que a administração correta destas “luzes e sombras”, seriam a razão do sucesso ou do fracasso empresarial.

A “luz” representada pelas ações vistas pelas retinas, pessoas andando, digitando, correndo, entrando, saindo, copiando, sorrindo. Rostos fechados, abertos, veículos passando, portas se abrindo, zeladoras limpando, etc… A “sombra”: os sentimentos guardados, reprimidos, presos, proibidos, contidos. Palavras não ditas, preocupações e angústias guardadas, problemas pessoais, insatisfações, injustiças sofridas não reveladas, carências pessoais e de trabalho não atendidas, medos e medos e medos.

O Líder dos nossos tempos deve ouvir o inaudível e assim perceber que a empresa tem coração! Um coração da melhor qualidade. Um coração que pede todo o dia fale comigo, ouça-me, estou aqui trabalhando e neste momento estou batendo por “você” empresa que me emprega. Portanto, conheça profundamente seu colaborardor, sua familia, onde mora, onde seus filhos estudam, pergunte sempre como estão, ouça-os atentamente e ajude sempre que puder. Estabeleça políticas que cheguem a todos não apenas a alguns “preferidos”, pois todos “tem coração”.

O administrador moderno deve rotineiramente reduzir a sombra da sua seção, departamento ou empresa, aumentando por consequência “A LUZ”, a luz da transparência, do justo desabafo, da liberdade de expressão, dos feedbacks de grupo, das avaliações 360º, das confraternizações mensais, das atitudes de reconhecimento, dos elogios formais, a luz da justiça.

Só através da liderança humanística aplicada ao gerenciamento do capital humano isto se tornará possível.

Mostre sempre que a razão do seu sucesso, vem da sua capacidade de melhorar continuadamente seu desempenho como líder.

SUCESSO PARA VOCÊ!


Prof. Norberto Rotter