julho 2010 - Norberto Rotter
1

VOCÊ TEM UM “DUNGA” NA SUA EMPRESA?

Você tem na empresa um colaborador contestador, crítico, teimoso? Um líder questionador mas obstinadamente honesto e ético? Você tem um colaborador resistente a pressões, conchavos e negociatas? Nada puxa-saco e até tímido às vezes? Combativo, aparentemente antipático e que briga pelo que julga correto e não se acomoda quando alguém diz – “ foi sempre assim”? Que pede mudanças, o encerramento de reuniões improdutivas? Que pede tratamento justo aos seus colegas e subordinados? Que não protege os ineficientes? Que vez em quando seus colegas o discriminam como o “certinho”, o “patinho feio”, o “CDF”? Num paralelo ao nosso futebol, aquele funcionário que mesmo depois de violentamente criticado durante os eventuais fracassos dá um exemplo de superação, dá a volta por cima, trabalhando duro e honestamente num exemplo de persistência?

Tem na sua empresa um colega ou, um subordinado que por vezes, pensamentos conspiradores e silenciosos em coro sussurram pelos corredores: “-Adeeeeus Dunga!!!” ? E, quando todos pensam que ele caiu, que a empresa tirou aquela “pedra no sapato” !?. Lá está ele, novamente de pé. Trabalhando honesta e silenciosamente.

Se a sua resposta é sim, então lhe digo meu amigo , minha amiga: —- “Jogue as mãos para o céu e agradeça”.

Em tempos de crise e que o medo mais do que nunca invade os corações dos trabalhadores e os corredores das empresas, precisamos de todos os “Dungas” que o mercado nos oferecer. Homens e mulheres de “raça”, de “faca na boca”, que lutem pela qualidade, mesmo por vezes colocando em risco seus cargos. São Ghandis, Mandelas, Felipões e Dungas do Empreendedorismo. Combatentes da Ética, da justiça, da produtividade e responsabilidade social, da lealdade e probidade profissionais. Convencidos sim, subjugados jamais!

Mesmo que suas preferências futebolísticas não simpatizem com a figura proposta pelo texto, reconheça seu valor. Então invista neste talento humano de garra e combatividade, que veste, antes da camisa da empresa, sua própria camisa; a camisa do trabalho honesto, do caráter, da honestidade e da competência.

Empresas de sucesso tem personalidade forte! E colaboradores também fortes! Só assim serão capazes de enfrentar de peito aberto os desafios, não menos fortes, dos nossos tempos.

Inteligência empreendedora para você e sucesso!!!

“A coragem nunca foi uma questão de músculo, mas sim do coração! O Músculo mais duro treme diante de um medo imaginário. Foi coração que pôs o músculo a tremer. “ (Mahatma Gandhi)