Blog - Norberto Rotter
0

Alguns momentos de Palestras de Norberto Rotter

Confira alguns trechos das Palestras de Norberto Rotter – um dos maiores palestrantes motivacionais do país.

As palestras de motivação, vendas, liderança e ética são ideais para integrar Programas de Desenvolvimento Humano, Congressos, Lançamento de Produtos ou Serviços, Semanas de Aperfeiçoamento e Eventos Empresariais diversos.

Chegou a hora de motivar! Entre em contato e leve uma das palestras para a sua empresa.

0
View Post
CORDIALIDADE VENDE!

CORDIALIDADE VENDE!

Se em tempos de prosperidade tratar o cliente com cordialidade ajuda a vender, imagine em tempos de crise. Dar as boas vindas, usar sempre as expressões “por favor”, “muito obrigado”, “volte sempre”, são expressões que aproximam, conquistam, prendem as pessoas. Estas práticas estão cada dia mais distantes da nossa rotina, sobretudo dos jovens que estão entrando no mercado de trabalho em sua maioria contaminada pelo chamado “internetês”.

Gestos como falar em pé com quem está em pé (salvo exceções funcionais), oferecer um assento, conduzir o cliente a um setor da empresa que ele demonstra desconhecer, a bondade nas palavras,  carinho nas expressões, são gestos e atitudes essenciais à comunicação saudável e aumentam o valor da sua empresa, seus produtos e serviços na visão dos clientes.

Nesta segunda-feira cedo reúna seus colaboradores e fale uns  quinze minutos sobre este assunto, promova um pacto pela cordialidade e reduza os efeitos da crise nas vendas.
0
View Post
FOCO NO CLIENTE!

FOCO NO CLIENTE!

Muitos erros são cometidos pelos vendedores durante o processo de vendas, mas hoje eu gostaria de destacar um que tem papel decisivo para o fracasso delas: A falta de foco nos clientes.
Durante a importante fase de levantamento das necessidades onde os clientes manifestam o que desejam comprar, inicia-se uma quantidade enorme de esforços por parte do vendedor no objetivo de fechar a venda. Explicações sobre as características do produto, como funciona, procedência, garantias e etc. são vastamente expostas, e tudo isto realmente é muito importante! Só que depois que o cliente saiu sem comprar nada, se alguém questionar aquele vendedor sobre; que perguntas ele fez sobre as reais necessidades do cliente, onde e como o cliente pretendia usar o produto, o que o cliente esperava que o produto fizesse por ele, quais o BENEFÍCIOS esperados pelo cliente, descobre-se que nada disto foi perguntado.
Ou seja, a fase de levantamento das necessidades foi “pobre”. Nela só funcionou o famoso “que posso ajudar?”; o cliente simplesmente disse o que queria, e o vendedor partiu para a venda, sem esgotar as perguntas importantes para levantar as reais necessidades e expectativas do cliente. Neste caso sobrou foco no produto e faltou FOCO NO CLIENTE!
0
View Post
VOU PULAR ATÉ NÃO DAR MAIS! MAS VOLTAREI INTEIRO!

VOU PULAR ATÉ NÃO DAR MAIS! MAS VOLTAREI INTEIRO!

O Carnaval é uma festa popular sadia familiar, divertida e marcante em nossas vidas. Mas também é uma festa  propícia a liberação, exageros, ruptura de limites, experimentação, ousar, correr riscos não calculados, os quais por vezes trazem consequências pesadas e duradouras, não apenas para a nossa vida, mas também para nosso trabalho.

Atrasos e faltas no retorno ao trabalho por ressaca, falta de planejamento da viagem, engarrafamentos, internações hospitalares, ocorrências policiais, acidentes, coma por bebida, drogas, etc. podem sim interromper uma bela carreira através de uma demissão, uma suspensão ou advertência. Isto sem falar nas consequências que podem vir depois como a gravidez indesejada, a dependência química, as DSTs, etc. Todas perfeitamente evitáveis quando sob efeito da razão.

Neste Carnaval divirta-se para valer! Mas lembre que na quarta-feira todos voltaremos a realidade!

Alguém disse “Mais vale um grão de imagem do que uma tonelada de competência”.

Cuide de si com intensidade e lembre que, você é um valioso patrimônio para sua família, para sua escola, seus amigos e para a empresa para qual trabalha. Cuide também das pessoas à sua volta, cuide da sua carreira.

Um inesquecível Carnaval para todos nós!

0
View Post
AMBIENTE BONITO AUMENTA A PRODUTIVIDADE

AMBIENTE BONITO AUMENTA A PRODUTIVIDADE

A beleza do ambiente de trabalho aumenta a produtividade? Afirmo que sim.

Uma empresa que zela por uma bela fachada, que mantém as dependências limpas, pintadas, bem decoradas, com a iluminação adequada, equipamentos limpos e bem dispostos, enfim, que possua um belo local de trabalho, é claro que influencia muito positivamente na motivação dos seus colaboradores.
Nós humanos somos visuais, e tudo que é bonito nos atrai, nos traz estímulos neurológicos ligados ao prazer. Trabalhar as melhores horas do dia, num lugar bonito, limpo e funcional aumentará a motivação; colaboradores mais motivados trabalharão mais orgulhosos na empresa, mais orgulhosos… mais felizes, e trabalhando mais felizes, é óbvio que  produzirão mais.
0
View Post
DESEMPENHO ACELERADO

DESEMPENHO ACELERADO

Acabou o tempo que o período de avaliação de um profissional contratado durava três meses, claro pois as informações gerenciais eram distribuídas pelos diversos departamentos, haviam poucas descrições de sistemas e processos o que tornava lento o aprendizado. Na legislação  continua este tempo, mas na prática as empresas querem resultados para ontem. Com o avanço tecnológico, as planilhas gerenciais atualizadas em tempo real, os programas de ponta e a capacidade de treinamento das empresas, o que se espera do profissional contratado é que ele esteja pronto e dando resultados em no máximo quinze dias.
Portanto você que esta buscando uma posição no mercado ou acabou de ingressar no novo emprego, mexa-se! A hora é agora de você superar os resultados obtidos pelo último contratado e correr para a vitória.
0
View Post
TEMOS VAGAS!! – FALTA QUALIFICAÇÃO

TEMOS VAGAS!! – FALTA QUALIFICAÇÃO

Este é um período anualmente sensível. Muitas empresas querendo contratar, muitas pessoas precisando trabalhar, e ainda em ano de crise. Mas a receita é a mesma; as pessoas não querem trabalhar por trabalhar um dois meses e ir embora, as empresas também não desejam contratar por contratar para passados três meses demitir.
Para os candidatos a mensagem é: Esteja preparado. O despreparo nas entrevistas de seleção assustam. Os candidatos ao varejo por exemplo, não conhecem coisas básicas de vendas como Código de defesa do Consumidor; imagem pessoal, a importância do sorriso, de conhecer o produto, etc. Até a virada do século passado nós selecionadores tolerávamos desculpas de candidatos que alegavam não ter recursos para fazer cursos. Atualmente a internet tem milhões de informações, aulas, textos, vídeos de consultores renomados, falando de qualquer assunto. Assim considero inadmissível em tempos atuais que um candidato se apresente para uma vaga sem ter noção básica sobre do que ela se cerca em conhecimento e rotinas.

Portanto meus queridos, se estiverem em busca de trabalho, descubram a área que querem atuar e estudem muito pela internet. É investimento de retorno certo.

0
View Post
Posso usar fones de ouvido enquanto trabalho?

Posso usar fones de ouvido enquanto trabalho?

O uso de fones de ouvido tem causado debates , conflitos e incertezas dos gestores nas corporações.
Se por um lado algumas empresas acreditam que pode ajudar no trabalho, outras nem tanto. A mim cabe esclarecer que, primeiro o empregador detém um direito trabalhista que lhe confere o direito de vigiar , fiscalizar ações que possam prejudicar o trabalho, proibi-las no caso de celulares, e até utilizar sistemas de bloqueio de internet por exemplo. Por outro lado assinalo alguns riscos para a carreira e para trabalhadores que deste recurso fazem uso a saber: Perda da concentração, pois neurologistas afirmam que nosso cérebro não da conta de tarefas complexas e que necessitam atenção, dividindo-as com outros sentidos como a a audição; Perda de gestos, movimentações de pessoas, sinais do ambiente, enfim comunicações puramente visuais passadas pelos colegas ou chefes enquanto escuta música, sinais estes, muitas vezes importantes para a compreensão de determinada rotina; Risco de acidente em atividades industriais , condução de veículos e outras; Perda da capacidade auditiva, já que médicos especialistas recomendam utilizar o volume dos fones em no máximo 60% do volume total, atitude adotada por poucos usuários.Por último perda do humor pois especialistas também afirmam que o repertório escolhido pode afetar no mau ou bom humor e correlata motivação do usuário. Sendo assim vão as dicas: Durante o expediente execute o seu trabalho, utilizando-se da música somente se ela for fator comprovadamente decisivo no resultado dele, como por exemplo numa seção de yoga. Caso para você seja fundamental o uso dos fones e sua empresa não impôs nenhuma regra, converse com seu líder e pergunte o que ele pensa a respeito. Isto significa ser profissional. Assine seu trabalho com excelência!

0

Planejamento

Não importa o tamanho da sua empresa, qual a atividade que você exerce, você já fez o seu planejamento para 2015? Já fez em 2014? Ótimo! Parabéns!!! Não fez? Então se mexa!!!

Quem não sabe para onde vai está a deriva!! Já vi grandes idéias e grandes empreendimentos sucumbirem à falta de planejamento. Nós latinos somos emocionais, imediatistas e além disto temos uma mania terrível de agir por impulso. De impulso em impulso vamos cometendo erros e acertos. E quando os acertos dão mais resultados que os erros !! (normalmente despercebidos) aí nos sentimos mais estimulados a agir por novos impulsos.

Pois lembrem que a falta de planejamento traz como conseqüência perda de 30% em média de faturamento, desmotivação, rotatividade, retrabalho, desprestígio interno e externo e principalmente resultados abaixo das nossas potencialidades.

Portanto reúna sua equipe e desenhe a arquitetura organizacional , os itens de controle, a exploração dos pontos fortes da sua empresa, as estratégias para redução ou eliminação dos pontos fracos, para os próximos três, seis e doze meses. Mas não esqueça também de estabelecer métodos que “garantam a qualidade”; ou a verificação sistemática de todos os planos, seus resultados, desvios e correções.

Agindo assim estará mapeando os passos a serem seguidos no gerenciamento da rotina diária e o crescimento organizado da sua empresa.

Vivemos momentos de desafio e sairão vencedores aqueles que tiverem juízo e fizerem do planejamento permanente uma ferramenta poderosa.

Pense nisto e sucesso sempre!

0
View Post
OBRIGADO A DEMITIR? DEMITA COM QUALIDADE.

OBRIGADO A DEMITIR? DEMITA COM QUALIDADE.

Confesso que escolhi este título para minha coluna semanal com um certo dó, porém precisava chamar a atenção para este tema. Reiteradas vezes neste espaço tenho recomendado aos empresários que não sejam simplórios e preguiçosos nos momentos de crise, escolhendo o caminho mais curto,  ou caminho das demissões, antes de investigar seus sistemas, processos e custos, onde normalmente a solução se encontra.  No entanto também sabemos que, por vezes, esgotados estes recursos e demitir torna-se alternativa irremediável para “recolocar o barco no rumo certo durante a tempestade”.
Neste caso, é preciso lembrar que não estamos lidando apenas com objetos, mas seres humanos. Não estamos lidando com o funcionário A ou B, mas com suas famílias, filhos, seu moral, reputação, auto-estima, enfim, sua alma. O difícil ato de demitir, portanto, requer muito mais qualidade do que os da rotina corporativa, justamente por  acarretar estímulos motivacionais individuais e coletivos no campo das Relações Humanas.
Recomendo então:
 a)  Avise previamente com 30 dias antes o seu colaborador. Nenhuma desculpa justifica esconder sua decisão, pois ela sempre acabará vazando e além do trauma que irá causar no colaborador afastado, manchará sua imagem perante os demais; b)  Faça-o com respeito, se possível em reunião com os demais colegas agradecendo com franqueza sua colaboração,  deixando claro os motivos administrativos de decisão. Ou então,  faça-o em particular com respeito e gratidão; c) Prepare com critério toda a documentação e garanta todos os direitos do colaborador. 80% dos casos de ações judiciais movidas por demitidos devem-se a demissões traumáticas por erros e/ou má fé.
Considero estas dicas básicas e fundamentais, e entre outras, também recomendo a pesquisa. No entanto, estas já lhe garantirão tomar medida tão traumática com o mínimo padrão de qualidade administrativa e humana.
happy wheel